Chá verde - fabricação de cerveja, tipos, propriedades e precauções

té verde ecológico Tétique

Os chás-verdes são feitos a partir de folhas e brotos. Em geral, eles são muito mais macios e leves do que os chás-pretos, mas mais intensos e mais encorpados do que os chás brancos. Os chás-verdes Ortodoxos oferecem uma variedade de aromas e sabores, que vão desde vegetais cozidos, nozes e amêndoas, até frutas cítricas e outras frutas. O chá-verde é produzido atualmente em todo o mundo, mas os melhores continuam a vir da China e do Japão.

Os chás-verdes chineses são mais suaves, doces, aromáticos e delicados do que os do Japão e são caracterizados por serem leves e por terem notas sutis de vegetais cozidos e nozes torradas. Os chás-verdes japoneses são mais intensos e adstringentes, predominando o sabor a vegetais crus, algas e limão.

Processo de elaboração

Após a coleta de brotos e folhas, eles são imediatamente levados para a fábrica onde as folhas às vezes são murchas, antes de realizar a fixação para evitar a oxidação. Se o murchado for feito, a evaporação de parte da água e a concentração de sabor na folha são alcançadas, com isso a concentração de sucos nas células das folhas é alcançada, que serão usadas nas subsequentes mudanças físicas e químicas do chá.

Em seguida, segue a fixação que é feita para desativar a enzima polifenol oxidase e, assim, parar a oxidação. A fixação na China é tradicionalmente feita em panelas, woks, fornos a lenha, fornos a carvão ou máquinas com panelas de metal quente.

No Japão, o vapor é quase sempre usado. Cada método de fixação irá impor um sabor particular ao chá produzido, e é feito por 30 segundos a 2 minutos, dependendo da fábrica e do chá-verde que é fabricado. Em seguida, o enrolamento é feito onde a folha é dada forma final, isso pode ser feito à mão ou com máquinas.

Mais tarde, a secagem é realizada, que é realizada em máquinas com panelas metálicas, em woks ou fornos, a secagem é feita até que o teor de água na folha seja reduzido, cerca de entre 2% a 3% em peso. Finalmente, é classificado e embalado em recipientes adequados para transporte e armazenamento.

Categorias de chá-verde e métodos de preparação

  • Lung Ching (China) Temperatura da água a 75-80 graus e 2 minutos de repouso.
  • Sencha (China/Japão) Temperatura da água a 70-80 graus e 1-2 minutos de repouso.
  • Maofeng ou Mao Jien (China) Temperatura da água a 75-80 graus e 2 minutos de repouso.
  • Gunpowder (China) Temperatura da água a 75-80 graus e 2 minutos de repouso.
  • Gyokuro (Japão) Temperatura da água a 60-65 graus e 1-2 minutos de repouso.
  • Matcha (Japão) Temperatura da água a 70-75 graus e 20 a 30 segundos de agitação.
  • Hari Talvar Boutique Single Estate (Índia) Temperatura da água a 70-75 graus e 1-2 minutos de repouso. 

Principais Propriedades

Muitas pesquisas sugerem que o chá-verde ecológico fornece vários benefícios para a saúde, como adstringente, antioxidante (cem vezes mais do que a vitamina C e vinte e cinco vezes mais do que a vitamina E), cardiotónico, diurético, estimulante e antiviral.

Também é usado contra a flatulência  e para regular a temperatura corporal e o nível de açúcar no sangue como digestivo e para estimular os processos mentais.

Na medicina Tradicional Chinesa e indiana, o chá-verde tem sido usado para combater a asma, angina de peito, doença vascular periférica e doença das artérias coronárias. Hoje, o chá-verde é geralmente preparado e tomado como uma bebida estimulante ou usado em extratos.

O chá e os seus extratos podem proteger contra certas doenças cardíacas, em particular a doença arterial coronariana, e pode baixar o LDL (colesterol ruim) e aumentar o HDL (colesterol bom). Os polifenóis e o ECGC contidos nele foram usados para prevenir e tratar várias categorias de cancro, incluindo cancro da mama.

Além disso, o chá-verde é usado para proteger a pele contra os danos causados pela luz solar, graças às suas propriedades anti-inflamatórias e anticarcinógeneas, pode ser usado internamente como bebida ou externamente na forma de um spray.

Também protege o fígado dos efeitos nocivos de substâncias tóxicas, como o álcool e contra tumores hepáticos. Pode aliviar a doença de Crohn e colite ulcerativa, e é bem adequado para diabéticos, ajudando a regular a glicose no organismo.  

Chá-verde e perda de peso

Vários estudos sugerem que o chá-verde facilita a perda de peso, estimulando o metabolismo, com o qual mais gordura é queimada. O ideal seria beber entre 3 a 4 chávenas por dia para poder ver resultados positivos.  

Precauções

Embora a FDA reconheça o chá-verde ecológico como seguro, as mulheres grávidas ou lactantes devem evitá-lo. O seu teor de cafeína pode levar a distúrbios do sono em bebês e tem sido associado a distúrbios no metabolismo do ferro e anemia microcítica de crianças pequenas.

Pessoas com problemas cardíacos, distúrbios renais, úlceras estomacais e distúrbios psicológicos (principalmente ansiedade) não devem tomá-lo. Se você beber demais, o seu teor de cafeína pode levar a insónia e interferência com outros medicamentos.

Está interessado nos nossos productos? Visite a nossa loja online: